Skip to content

>Genética nas Aves… tudo o que precisas de sabêr

Abril 17, 2011

>

Às vezes a genética é incompreensível e complicado. Por este motivo, vou explicar alguns conceitos básicos e úteis para compreender um pouco mais. Em primeiro lugar iremos explicar alguns conceitos básicos.

A Genética é a ciência de herança. EXPLICA como um caracter se desloca para um indivíduo através sua descendência; permitindo contemplar os resultados dos cruzamentos. Por este motivo, é importante que nós, os criadores temos algumas noções de genética, graças ao qual podemos escolher os cruzamentos mais interessante para melhorar as nossas linhas e obter melhores resultados e obtenções!

Cromossomas: são filamentos que estão presentes no núcleo das células. Os cromossomas são os mesmos em todas as células, e o seu número e a forma Caracterizam as espécies a que pertence o indivíduo. os homens possuem 46 cromossomas e nossas aves 80 e às vezes é ainda maior (por exemplo os patos perus e pombos têm 80 e 82).
Graças à cromossomas, podemos saber o sexo das nossas aves. Os machos e fêmeas diferenciam-se por um par de cromossomas que é diferente em um e outro sexo. Enquanto o masculino tem dois cromossomas semelhantes, no feminino são diferentes. É designado por as letras X e Y, tendo o macho dois X cromossomas, e o feminino um X e um Y. (no ser humano XX, faz referência a uma mulher e na nossa aves  referimo-nos a um macho) .

Gene: unidade de hereditariedade que controla todo o carácter nos seres vivos. Ao nível molecular corresponde a uma secção de DNA que contém informações para a síntese de uma cadeia proteinica

• Dominante: um gene é dominante quando em conjunto com outro, tem primazia sobre ele.

• Recessivo: um gene recessivo quando para se manifestar tem a  necessidade de sêr igual.

• Ligado ao sexo:  são determinados por genes localizados no mesmo cromossoma em que está localizado o gene determinante de sexo. Em ornitologia todo primogênito que detém os “factores ligados ao sexo” produz na primeira geração crias fêmeas, que têm as mesmas características externas.

Genótipo: é o conjunto de genes que contêm um corpo herdado de seus pais. Em organismos diplóides metade dos genes são herdados do pai e a outra metade da mãe.

Fenótipo: é a manifestação externa do genótipo, i.e. a soma dos caracteres observaveis  da interação entre o genótipo e o ambiente. O ambiente de um gene constitui os outros genes, células citoplasma e o ambiente externo onde se desenvolve o indivíduo.

Local: é o lugar que ocupa cada gene ao longo de um cromossoma.

EM CONSTRUÇÃO…

From → Artigos

Deixe um Comentário

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: